AMOR SINCERO


Prefiro ser tua amiga,
tua amante,
tua prostituta,
que meus versos eróticos,
minha excêntrica liberdade
não desmereçam a tua imagem,
nem prejudiquem o teu caráter,
- é o que os homens dizem -
ser tua esposa te faria desprezar-me,
com o tempo dissimulada inimiga.

Assim, ora me amas, ora me odeias,
mas, em mim, estás sempre presente,
sem jamais ser propriedade tua,
com quantos homens fantasio deitar-me,
meu amor não danifica a tua grandeza,
e nem impede que eu me contradiga.


©, 2008, Refração da Lua, Nancy Lix

Um comentário:

Mapinhas disse...

O visual do blog está lindo!

 
© 2008 - 2009 Nancy Lix, Lua em Refração. Todos os direitos reservados. Não reproduzir sem autorização. | Technorati | BlogBlogs.Com.Br