Coma


Já estou em coma,
ligada à vida forçada,
respirando ar de mentira,
e continuo sem entender
porque os pássaros voam

sem deixar rastros.


©, 2008, Lua em Refração, Nancy Lix.

Um comentário:

Mapa do Sol disse...

Tua poesia, uma viagem provocativa à profundidade da consciência. Sempre dá aquela dúvida de conseguir sobreviver até o fim do poema.

 
© 2008 - 2009 Nancy Lix, Lua em Refração. Todos os direitos reservados. Não reproduzir sem autorização. | Technorati | BlogBlogs.Com.Br