Hades

Hades, senhor dos meus reinos,
que temores me infliges tu,
se senhora também sou do teu reino?

No longo inverno da minha alma,
foste o meu companheiro e senhor,
ainda que te tema, possuída que sou
pela tua vontade de me fazer cativa,
e, em lenta agonia me aprisiones,
tua presença me fascina e domina.

Se de ti quero libertar-me já não sei,
quando se aproximam os teus olhos,
loucos de desejo e de coração despido,
então a senhora sou eu, tu, meu cativo,
por isso, saiba meu senhor e leal companheiro,
se de ti me perder, a minha alma ficará vazia.



(©, 2008, Refração da Lua, Nancy Lix)

Um comentário:

Mapa do Sol disse...

"Quando ele é arquétipo dominante,aventura-se no mundo exterior se utilizando de seu capacete de invisibilidade e deixando as pessoas "pobres" desconfortáveis com sua presença...
Só Hades é o arquétipo que torna possível ficarmos à vontade com o inconsciente."
Engraçado, tava mesmo lendo isso antes... rs

 
© 2008 - 2009 Nancy Lix, Lua em Refração. Todos os direitos reservados. Não reproduzir sem autorização. | Technorati | BlogBlogs.Com.Br