Coisas do Demo

Vesti-me de preto
E desenhei teu nome
Num círculo de sal.
A terra abriu-se:
- Esconjuro! -
Pulei fora.

Sou bruxa
Mas não sou trouxa
Antes só
Que mal acompanhada.

De demo eu entendo.


©, 2008, Lua em Refração, Nancy Lix

Um comentário:

Nat Lix disse...

Carcereira del diablo... hehehe...

 
© 2008 - 2009 Nancy Lix, Lua em Refração. Todos os direitos reservados. Não reproduzir sem autorização. | Technorati | BlogBlogs.Com.Br