Das Palavras Simples

Perdi a minha face
na poeira
das lendas

Aprendi a doçura
das palavras simples
ditas pelas bocas
dos pobres

Aprendi a amar
lábios macios
cantando à terra
poemas dourados
como a cor
do pão


Vivi o início
dos sonhos impossíves
Testemunharei apenas
estas vozes distantes
que vêm
de outro mundo

Nos dizem ...
como o tempo nos devora
e nos deixa despidos
diante da morte.


Des Mots Simples, Mohamed El jerroudi
Tradução Nancy Lix

4 comentários:

Nat Lix disse...

Não é difícil complicar as coisas. Despojá-las do desnecessário exige um verdadeiro toque de gênio.

Oriona disse...

Boa noite Nancy!
Vim agradecer a dedicação do Prêmio Dardos, gostei do seu blog, tem poemas maravilhosos, encantador.
Parabéns pelo capricho!

Beijos
Oriona

dudv disse...

Que lindo!!!

Mohamed El jerroudi disse...

Nancy
Merci de m'avoir traduit en prtugais

Et bonnes f^tes de fin d'année à toi et à tes proches.

Mohamed

 
© 2008 - 2009 Nancy Lix, Lua em Refração. Todos os direitos reservados. Não reproduzir sem autorização. | Technorati | BlogBlogs.Com.Br