Um Raio de Luz

Um raio de luz sobre o meu rosto
nesta noite escura amaldiçoarei,
tão tenebrosas as minhas loucuras,
os meus pensamentos tão vis,
macabros prazeres encontram guarida.

Virar-me no túmulo é o meu único desejo...


© 2009, Nancy Lix.

2 comentários:

Roger Jones disse...

antes mesmo de ser desligado, meu coração foi estraçalhado.
ele ainda pulsa, como um guizado desunido e fraco, com suas partículas de carne separadas entre si e entre tudo, submetidas ao mecanismo inútil e autômato de uma sobrevivência sem rumo, bombeando sangue nas páginas trágicas da minha vida.

meio quilo de dor.
até parar.

Natalia disse...

Humor na lucidez: Não sei, não sei...

 
© 2008 - 2009 Nancy Lix, Lua em Refração. Todos os direitos reservados. Não reproduzir sem autorização. | Technorati | BlogBlogs.Com.Br